CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Cinema / BASTIDORES

Otaviano Costa revela que filme Vidente por Acidente surgiu nos bastidores de programa da Globo

Em entrevista à CARAS Brasil, Otaviano Costa revela bastidores do processo criativo do filme Vidente por Acidente, já nos cinemas de todo o Brasil

Paulo Henrique Lima
por Paulo Henrique Lima

Publicado em 21/04/2024, às 18h52 - Atualizado às 18h56

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Otaviano Costa protagoniza Vidente por Acidente - Foto: Divulgação
Otaviano Costa protagoniza Vidente por Acidente - Foto: Divulgação

Otaviano Costa (50) protagoniza Vidente por Acidente, filme que estreou nos cinemas de todo o Brasil na última quinta-feira, 18. No longa, ele vive Ulisses, um homem de quase meia-idade que vive uma crise existencial e descobre ser vidente após ser furtado por uma coach vocacional. Em entrevista à CARAS Brasil, o ator revela que o projeto nasceu nos bastidores do extinto Tá Brincando? (2019), programa que marcou sua passagem pela Globo. 

"Foi durante a pesquisa criativa do meu último projeto na Globo, o Tá Brincando?, durante um processo criativo a gente fez uma conversa com a Mirian Goldenberg, antropóloga, que estava falando sobre esse comportamento das pessoas mais velhas acima de 65 anos de idade, e ela fez um 'U' [linha do tempo em formato da letra]", conta.

O apresentador explica que as partes superiores da vogal representam as pessoas que agem como se não houvesse amanhã. Já a inferior mostra as pessoas que estão em fase de reflexão sobre a vida e suas escolhas. 

"Tá vendo essa aqui é a linha do tempo da vida? Nas duas pontas mais altas [da letra] em que esse 'U' se iguala, estão as pessoas irresponsáveis, as que fizeram um monte de coisa pela primeira vez, são donos do mundo, ninguém manda em mim, são dos rebeldes com idades indiferentes. Aqui embaixo, é onde surge a grande crise existencial do ser humano, é a primeira grande reflexão do ser humano com 40 e poucos anos de idade, em que ele pergunta se fez a coisa certa, se está na profissão certa, se ele é feliz fazendo o que faz, se a vocação dele é essa", diz. 

Costa diz que a conversa com Miran resultou na criação do personagem e de todo o conceito de Vidente por Acidente nos bastidores do Tá Brincando?. "Ali surgiu uma ideia de pensar em um personagem que nasceria dali"

"A Mirian virou e falou assim: 'Imagina como tudo seria mais fácil, Otaviano, se Deus tocasse no ombro desse cidadão e [falasse] qual seria o talento dele. Tudo seria mais fácil, a vida seria mais simples'. Daí brotou a ideia do filme, do Ulisses [personagem do Otaviano] que tem esse 'U' e que vive essa crise existencial e que no desespero vai parar na mão de uma coach vocacional que promete uma regressão vocacional pra ele, só que ela é uma charlatã acaba roubando-o, mas o entrega um poder mediúnico de poder adivinhar ao toque, assim como Deus na ideia da Mirian", conclui.