CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Bem-estar e Saúde / Vida pessoal

Céline Dion revela perda de habilidades após diagnóstico de doença rara

Em documentário sobre sua luta contra a Síndrome da Pessoa Rígida, a cantora Céline Dion detalha as dificuldades da doença

por Rafaela Oliveira

Publicado em 25/06/2024, às 11h09

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Céline Dion - Foto: Reprodução / Instagram
Céline Dion - Foto: Reprodução / Instagram

A cantora Céline Dion fez uma nova revelação a respeito de sua saúde no documentário 'Eu Sou: Céline Dion', que estreia nesta terça-feira, 25, no Prime Vídeo. A artista, atualmente com 56 anos de idade, foi diagnosticada em 2022 com Síndrome da Pessoa Rígida, uma doença rara e incurável que a afastou dos palcos.

De acordo com a estrela, a enfermidade está fazendo com que ela perca simples habilidades do dia a dia. "Ano passado cheguei ao ponto em que não conseguia andar, estava perdendo muito o equilíbrio, era difícil andar, muita dor. Ainda não consigo usar minha voz. Sinto muita falta da música, mas também das pessoas, sinto falta delas", declarou ela, bastante emocionada.

Durante a pré-estreia do documentário sobre sua vida, em entrevista ao E! News, Céline Dion agradeceu o apoio e carinho dos fãs, ressaltando o quanto eles a ajudam diariamente. A cantora ainda explicou que o público 'merecia saber' a respeito da doença e, por isso, não escondeu a condição.

"Não se trata de escolher o que você tem, é lidar com o que está acontecendo. Espero que isso lhes dê asas e força para alcançar e falar com as pessoas e dizer que vale a pena. Todos nós valemos a pena, e eu sou grata", disse Céline.

Recentemente, a famosa cantou pela primeira vez após receber o diagnóstico da doença rara. No início de maio deste ano, o programa norte-americano Today exibiu um pedaço do documentário 'Eu Sou: Céline Dion', onde ela apareceu, visivelmente emocionada, cantando o trecho de uma de suas músicas.

Na ocasião, Céline Dion revelou como a síndrome afetou sua voz. No vídeo divulgado, ela não consegue alcançar notas mais altas e cai no choro ao falar sobre o que sente quando tenta cantar.

Céline Dion revela onde encontra força para o tratamento de doença

Batalhando contra sua doença rara, Céline Dion revelou que tem encontrado forças nos filhos para seguir com o tratamento da síndrome. Em entrevista recente à revista People, a cantora contou que seu diagnóstico  aconteceu cerca de seis anos após a morte do marido, René Angélil, por complicações de um câncer de garganta.

Pelo fato dos filhos, René-Charles, de 23, e os gêmeos Nelson e Eddy, de 13 anos, já terem perdido o pai, a cantora está determinada a ficar bem para que eles não passem pelo luto novamente.

"Mal conseguia andar em um ponto e estava perdendo muito da vida. Meus filhos começaram a perceber, e fiquei: 'Eles já perderam o pai, não quero que eles fiquem assustados'. Expliquei para eles: 'Vocês perderam o pai, mas a sua mãe tem uma condição neurológica, é diferente. Não vou morrer, é algo com o qual vou ter que aprender a viver", diz Dion.